AMBIENTE PRIVADO:

FÓRUM NACIONAL DE DIRETORES

Os Fóruns Nacionais de Diretores são encontros sistemáticos com as lideranças das escolas públicas e tem como objetivo fortalecer a liderança do Diretor, que é figura chave para uma escola de qualidade.

Além disso, nesses Fóruns se reúnem diretores de escolas municipais e estaduais, num mesmo grupo, trabalhando no conceito de território educativo. 

Os encontros têm duração de 3 horas com pauta de atividades dinâmicas. Os diretores aprendem ferramentas de gestão aplicadas para sala de aula e assistem a palestras motivacionais.
O evento, promovido pela Fundação Pitágoras, reúne diretores não apenas presencialmente, mas também acompanhando as palestras em tempo real, pela internet, em todo o País. O Fórum Nacional de Diretores é transmitido ao vivo por meio das Instituições de Ensino Superior da Kroton e disponibilizado no portal da Aliança Brasileira pela Educação.

A missão da Aliança Brasileira pela Educação é contribuir para a melhoria da qualidade das escolas públicas brasileiras (municipais e estaduais), com foco na educação básica. Acreditamos que o melhor caminho para que esse sonho se torne realidade é fortalecendo a liderança dos diretores das escolas e criando redes colaborativas para que possam aprender e evoluir entre seus pares.

TEMAS ESTRATÉGICOS

temas-estrategicos.svg
temas-estrategicos-mob.svg

PREMISSAS

▪ Escola boa é aquela em que o aluno aprende.

▪ A escola tem a “cara” do seu Diretor.

▪ A educação de qualidade se faz com soluções simples, robustas e ao alcance de quase todas as comunidades brasileiras.

▪ Boas escolas têm metas e prioridades claras, realistas e compartilhadas por todos.

▪ Não é possível obter resultados satisfatórios em nenhuma organização sem boa estão e sem a criação de um ambiente positivo e estimulante. Por isso, a boa liderança dos diretores é fator crítico para a escola de qualidade.

▪ Um dos elementos indispensáveis é a aferição sistemática da aprendizagem, por meio de avaliação externa. É ela que nos permite entender as falhas, cobrar resultados e remiar os êxitos.

PILARES

O aluno é o foco de todo o trabalho. Escola boa é aquela em que o aluno aprende. É, portanto, necessário acompanhar o desempenho dos alunos, medido por meio dos indicadores oficiais de aprendizagem.

Conhecer os resultados, escancará-los sem medo é o único caminho para identificar em que ponto a escola se encontra, e quais caminhos seguir para avançar.
Não existe aluno “municipal” ou “estadual”. O aluno é um só e ele transita pelas diferentes esferas ao longo de sua trajetória educacional. Muitas vezes existem escolas numa mesma vizinhança, com diretores que nem se conhecem, pelo simples fato de uma escola ser estadual e a outra municipal.

Portanto, reunir diretores de escolas municipais e estaduais, num mesmo grupo, é um dos principais segredos da eficiência desses encontros. Diretores de uma mesma vizinhança passam a se apoiar mutuamente, formando um grupo de trabalho sistemático e cooperativo.

Um formato simples e poderoso que permite que os diretores troquem as experiências exitosas e conheçam as melhores práticas, encontrando entre seus pares as soluções para os desafios enfrentados: “o que está dando certo na sua escola e que eu posso replicar na minha”?
A escola tem a cara do seu diretor. Diretores fortalecidos, comprometidos e motivados conseguem promover verdadeiras transformações em suas escolas, a despeito dos enormes e inúmeros desafios enfrentados no dia a dia.

Nos Fóruns, os diretores se dão conta de que não estão sozinhos, de que os problemas enfrentados são comuns, mudam apenas de endereço, e que existem soluções eficazes compartilhadas nesses encontros e adaptadas de acordo com as necessidades específicas de cada escola.
A pauta dos encontros é bem dinâmica, e se baseia no conceito do TED, uma instituição que se especializou na arte das palestras e apresentações, seguindo os preceitos da neurociência, que ensina que o tempo ótimo de concentração do cérebro humano dura cerca de 20 minutos.

São atividades curtas, mas trabalhadas com profundidade, com o mais alto nível de concentração do grupo.

Além disso, os grupos são conectados via WhatsApp – assim os diretores trocam informações, mensagens, enfim ficam ligados nessa rede colaborativa interagindo entre um encontro presencial e outro.
O aluno é o foco de todo o trabalho. Escola boa é aquela em que o aluno aprende. É, portanto, necessário acompanhar o desempenho dos alunos, medido por meio dos indicadores oficiais de aprendizagem.

Conhecer os resultados, escancará-los sem medo é o único caminho para identificar em que ponto a escola se encontra, e quais caminhos seguir para avançar.
Não existe aluno “municipal” ou “estadual”. O aluno é um só e ele transita pelas diferentes esferas ao longo de sua trajetória educacional. Muitas vezes existem escolas numa mesma vizinhança, com diretores que nem se conhecem, pelo simples fato de uma escola ser estadual e a outra municipal.

Portanto, reunir diretores de escolas municipais e estaduais, num mesmo grupo, é um dos principais segredos da eficiência desses encontros. Diretores de uma mesma vizinhança passam a se apoiar mutuamente, formando um grupo de trabalho sistemático e cooperativo.

Um formato simples e poderoso que permite que os diretores troquem as experiências exitosas e conheçam as melhores práticas, encontrando entre seus pares as soluções para os desafios enfrentados: “o que está dando certo na sua escola e que eu posso replicar na minha”?
A escola tem a cara do seu diretor. Diretores fortalecidos, comprometidos e motivados
conseguem promover verdadeiras transformações em suas escolas, a despeito dos enormes e inúmeros desafios enfrentados no dia a dia.

Nos Fóruns, os diretores se dão conta de que não estão sozinhos, de que os problemas
enfrentados são comuns, mudam apenas de endereço, e que existem soluções eficazes
compartilhadas nesses encontros e adaptadas de acordo com as necessidades específicas de cada escola.
A pauta dos encontros é bem dinâmica, e se baseia no conceito do TED, uma instituição
que se especializou na arte das palestras e apresentações, seguindo os preceitos da neurociência, que ensina que o tempo ótimo de concentração do cérebro humano dura cerca de 20 minutos.

São atividades curtas, mas trabalhadas com profundidade, com o mais alto nível de concentração do grupo.

Além disso, os grupos são conectados via WhatsApp – assim os diretores trocam informações, mensagens, enfim ficam ligados nessa rede colaborativa interagindo entre um encontro presencial e outro.

ÚLTIMOS FÓRUNS REALIZADOS

Fórum Nacional de Diretores - Junho 2019


JUNHO - 2019
São Luís/MA

Fórum Abril 2018


ABRIL - 2018

Belo Horizonte/MG

Fórum Abril 2019


ABRIL - 2019
Campo Grande/MS

Fórum Novembro 2017


NOVEMBRO - 2017
Belo Horizonte/MG

Fórum Novembro 2018


NOVEMBRO - 2018
Belo Horizonte/MG

Fórum Agosto 2018


AGOSTO - 2018
Brasília/DF

Fórum Agosto 2018


AGOSTO - 2018
Belo Horizonte/MG

Fórum Junho 2018


JUNHO - 2018

São Paulo/SP

Aliança Brasileira pela Educação | Uma iniciativa: Kroton e Fundação Pitágoras